Brigador - Ilessi canta Pedro Amorim e Paulo César Pinheiro

Detalhes

19:00
31/10/2019
Auditório Radamés Gnattali
O primeiro álbum da cantora Ilessi traz canções do bandolinista Pedro Amorim, em parceria com o poeta e compositor Paulo César Pinheiro. Conhecido instrumentista, todos os álbuns lançados por Pedro Amorim antes do álbum de Ilessi foram de música instrumental. Amorim tem trabalhos com vários autores, mas Paulo César Pinheiro é seu parceiro mais constante e quem melhor traduz a diversidade de seu trabalho. Ilessi decidiu então mergulhar na obra desses compositores e apresentar um trabalho fresco, inédito e diversificado. Apesar de Pedro ser mais identificado por sua ligação com o samba e o choro, suas composições passeiam por vários outros gêneros, como toada, baião, bolero e valsa. Ilessi transita à vontade por todos eles, sendo ela própria uma cantora de muitas facetas. O show de lançamento do álbum aconteceu no dia 29 de outubro de 2009. Foi apresentado como um projeto para o Edital do “Quintas no BNDES 2009” (que naquele ano completava 25 anos integrando o roteiro cultural da cidade) e obteve o 1º lugar na categoria "Novos Talentos". O álbum Brigador foi gravado em 2007, produzido por Ilessi e Luís Barcelos, e teve direção musical e arranjos de Luis, (exceto na faixa "Serena", arranjada por Cristovão Bastos).  No repertório, todas as músicas são de Pedro Amorim e Paulo César Pinheiro. Em "Julgamento", segunda faixa do álbum, junta-se a eles Maurício Carrilho. O álbum conta com as participações especiais de Amélia Rabello (grande referência de Ilessi, cantando com ela o choro “Ponta de Punhal) e Pedro Amorim (que canta com Ilessi o samba “Julgamento” e toca bandolim no afro-samba “A sina do negro”). Além deles, ao longo das 10 faixas que compõem o álbum, participaram: Rogério Caetano (Violão de 7); Caio Márcio (violão); Jayme Vignoli (cavaquinho); Guto Wirtti (baixo acústico); Thiago da Serrinha (percussão); Anderson Balbueno (pandeiro); Nailson Simões (trompete); Marcelo Bernardes (sax tenor e flauta); Rui Alvim (clarinete); Maurício Carrilho (violão); Luís Barcelos (bandolim); Luciana Rabello (cavaquinho); Rafael Mallmith (violão de 7); Luiz Flávio Alcofra (violão); Leonardo Pereira (cavaquinho); Daniel Santiago (violão e guitarra); Cristóvão Bastos (acordeon e piano); João Lyra (violão de 6 e viola). Curiosamente, o álbum foi lançado pela gravadora paulista CPC-UMES em 2009, ano em que  Paulo César Pinheiro completou 60 anos. Agora, 10 anos depois, Ilessi decidiu realizar um show para comemorar os 10 anos de lançamento de seu primeiro disco e os 70 anos de vida de Paulo César Pinheiro. O show contará com a participação especial de Pedro Amorim e Amélia Rabello. A formação será a mesma do show de lançamento há 10 anos: Anderson Balbueno (percussão), Lucas Porto (violão), Luís Barcelos (bandolim e arranjos), Marcelo Bernardes (sax tenor e flauta), Gabriel Geszti (piano e acordeon), Marcus Thadeu (percussão), Rafael Mallmith (violão de 7) e Thiago da Serrinha (percussão).

“(...) Ilessi é afinada, segura e demonstra, de saída, o que anda faltando por aí: bom-gosto. E é, sobretudo, corajosa, fugindo dos clichês convencionais do que hoje é apresentado na música popular. (...)”

Paulo César Pinheiro

Compre seu ingresso aqui!


Mídias:

 

curta nossa página

Parceiros:
EPM