Época de Ouro

Detalhes

19:00
25/04/2019
Auditório Radamés Gnattali
Criado em 1964 por Jacob do Bandolim, o Conjunto Época de Ouro participou de diversos espetáculos e gravou vários discos, entre eles VIBRAÇÕES, premiado com o melhor disco instrumental de 1967. Com o falecimento de Jacob em 13 de agosto de 1969, alguns compromissos foram adiados e desde desta data até1972 o conjunto não se apresentou. O Época retomou suas atividades em 1973 a convite de Paulinho da Viola, para participar do espetáculo Sarau, no Teatro da Lagoa. Daí então foi que surgiu o Clube do Choro, idealizado por Paulinho da Viola e Sérgio Cabral. Assim surgiu todo movimento no país em busca de dar maior amplitude ao Choro. Como não poderia deixar de ser feito, em 1987 o conjunto homenageia os 50 anos de carreira do violonista Dino, gravando o LP “ÉPOCA DE OURO DINO 50 ANOS”, com participações de Paulinho da Viola e do Maestro Severino Araújo. Após o falecimento do mestre Jorginho do Pandeiro, em julho de 2017, o Época de Ouro teve uma reformulação. O pandeiro passa para as mãos de Celsinho Silva, filho do mestre, o violão de sete cordas agora está com um dos principais nomes da nova geração do violão brasileiro, João Camarero e Luiz Flavio Alcofra, professor de violão e educação artística (música), graduado pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), passa a ocupar a cadeira de violão de seis cordas. Assim o Conjunto Época de Ouro inicia 2019 com novos desafios, mas com muita vontade de continuar um trabalho que vem sendo feito, com muito respeito, pela música brasileira há mais de 50 anos.

Compre seu ingresso aqui!


Mídias:

 

curta nossa página

Parceiros:
EPM