Com patrocínio da Petrobras, Casa do Choro lança sua programação 2016

A recém inaugurada Casa do Choro, centro de referência ao mais brasileiro dos gêneros musicais, lança em maio sua programação para todo o ano de 2016. Entre os eventos do projeto Casa do Choro que estreia no dia 5 de maio deste mês estão os 100 shows da série “Saraus Cariocas”, a exposição permanente “A Cara do Rio” com obras dos artistas plásticos Ciro Fernandes e Renato Amorim e a série “Memória Viva Carioca” composta de 4 depoimentos de grandes personalidades da música do Brasil. O projeto tem patrocínio da Petrobras e os ingressos para todos os shows custam R$ 30,00 (entrada inteira) e R$ 15,00 (meia entrada).

Para Luciana Rabello, cavaquinista e presidente do Instituto Casa do Choro, “a Casa do Choro é hoje um espaço único no Rio, que surge para devolver ao choro e à música brasileira, em especial à instrumental, tratamento digno de sua história e riqueza”.

A temporada 2016 terá início no dia 5/5 às 18h30 com apresentações da orquestra Furiosa Portátil, formada por professores e alunos da Escola Portátil de Música. Em seguida haverá concertos especiais como o Tributo a Garoto e Raphael Rabello, nos dias 6 e 7/05 às 18h30.

Para Luís Fernando Lima de Brito, gerente de Patrocínios Culturais da Petrobras, que patrocina a temporada 2016, "a Casa do Choro é um centro de referência no tema para músicos, pesquisadores e amantes do choro de todo o Brasil e do mundo. É um símbolo da brasilidade, da diversidade do Brasil, de seus múltiplos instrumentos e saberes. Além disso, resgata o patrimônio musical brasileiro e o torna acessível à população".

Confira a programação de maio:

 

Concerto de abertura

05/05 - Orquestra Furiosa Portátil

 

Saraus Cariocas

Os Saraus Cariocas acontecem até dezembro sempre nas sextas-feiras (12h30 às 18h30) e sábados (às 18:30)

 

06/05 às 12h30 - Homenagem ao saxofonista Zé Bodega

Com Denize Rodrigues (sax), Antonio Neves (bateria), Dudu Viana (piano) e Pedro Aune (contrabaixo).

06/05 e 07/05 às 18h30 - Tributo a Garoto e a Raphael Rabello

Com Amélia Rabello (voz), Luciana Rabello (cavaquinho), Paula Borghi (violão), Marcilio Lopes (bandolim), Marcelo Caldi (acordeão), Paulo Aragão (violão de 8), Pedro Aune (contrabaixo) e Maurício Carrilho (violão).

13/05 às 12h30 - Ninguém fala da Dolores, um tributo a Dolores Duran com Chel Moraes

Com Thiago da Serrinha (percussão) e Rafael dos Anjos (violão).

13/05 e 14/05 às 18h30 - Gilson Peranzetta e Mauro Senise

20/05 às 12h30 - Andrew Finn Magill e Guilherme Pimenta (Violino no Choro)

20/05 e 21/05 às 18h30 - Paulo César Pinheiro e Regional Carioca

Com Ana Rabello (cavaquinho), Tiago Souza (bandolim), Marcus Thadeu (percussão), Julião Pinheiro, Rafael Mallmith e Glauber Seixas (violões).

27/05 às 12h30 - Abel Luiz e Rafael Mallmith (Projeto Onze Cordas)

27/05 e 28/05 às 18h30 - Ordinarius

Com Alice Sales, André Miranda, Augusto Ordine, Letícia Carvalho, Maíra Martins e Marcelo Saboya.

Desenvolvido pelo Laboratório Ipê.